• Você está em:
Wevet | Conexão com o mundo animal

Treinamento Comportamental

O modo como tratamos nossos bichinhos reflete muito no seu comportamento. Nos dias de hoje, cães e gatos não são vistos somente como um animal em convívio com os humanos, são mais que isso, são considerados parte da família, tratados como filhos, com todo amor, dedicação e carinho. Obviamente nossos pets precisam e merecem ser tratados com todo este carinho e atenção, porém é importante tomarmos cuidado e algumas medidas de treinamento para que esta situação não condicione o animal a um comportamento inadequado.

O treino comportamental serve para equilibrar de modo geral o cão. Diminui a ansiedade, o estresse, medos, agressividade e “aquelas artes” que eles fazem para chamar a atenção.

Os desvios comportamentais normalmente estão ligados a vários fatores: genética, ambiente em que vive e principalmente a forma errônea com que muitas vezes os cães são criados pelos seus tutores.

Antes de iniciar o adestramento comportamental, é importante fazer uma avaliação detalhada do cãozinho, observar como ele age na matilha, se quer se tornar um líder ou um cão submisso, se aceita ordens, entre outras coisas. A partir disso, uma série de exercícios deverá ser montada para que a família consiga evitar o surgimento de novos e mais chatos problemas comportamentais.

Usando a técnica adequada, em pouco tempo de treino já é possível ver alguns resultados. O cão deve ser sempre condicionado de forma positiva, com brincadeiras e muito carinho.

Nosso estado emocional influencia e muito no comportamento dos cães. O equilíbrio do tutor e o posicionamento dele como líder é essencial. Os cães são seres iluminados e muito inteligentes, e nos ajudam e nos ensinam muito sobre a vida. Pessoas que tem cães costumam ser menos estressadas, ativas fisicamente e mais generosas. Ensine seu cachorro a agir corretamente e terá o melhor e mais fiel companheiro. Ele deve respeitar ordens básicas para que a convivência não se torne complicada para ambas as partes. Ensinando seu cãozinho a respeitar seus limites e terá mais que um animal, terá um companheiro feliz e saudável.

Matéria por

Subir